Dificuldade na escola

  • Post category:NOTÍCIAS
Por que não se mobilizar nos primeiros sinais de que o seu filho está com alguma dificuldade na escola?

Ignoramos os sinais de que a criança está com dificuldade em aprender, isso acontece porque, na maioria das vezes, as avaliações não são tão boas, mas também não são tão ruins. Assim, os pais acreditam que, com o tempo, a criança vai melhorar sozinha. Geralmente, eles vão em busca de ajuda para os seus filhos somente no Fundamental II, quando o problema já se avolumou e tornou-se visível para todos. Ocorre que essa ajuda tardia é sempre menos eficaz, pois a criança vai demorar para alcançar o desempenho dos outros colegas, ficando sempre “um passo atrás” nos conteúdos que dependem do conhecimento anterior.

 

Por que não se mobilizar nos primeiros sinais de que o seu filho está com alguma dificuldade na escola?“.

CONHEÇA A HISTÓRIA DO PEQUENO GUSTAVO.

O pequeno Gustavo, recém-chegado à sua nova escola, estava sempre na lista real ou imaginária da sua professora. Fazia com dificuldade as tarefas de casa; copiava, da forma que conseguia, o que era escrito no quadro, sem entender bem o que estava fazendo. A professora mostrava-se sempre impaciente com a sua postura.

Quando perguntado sobre o que gostaria de fazer quando crescesse, movido pela sua fixação por carros de corrida, Gustavo respondia sem pestanejar: mecânico. A professora sorria aliviada, como se pensasse: ainda bem que ele não quer ser médico, esse “não dá para os estudos”.

A angústia do pequeno Gustavo era constante, ele tinha sempre medo de errar e novamente decepcionar sua professora ou sua família. Seus pais, com jornada dupla no trabalho, não tinham tempo para lhe ensinar e ficavam, além de decepcionados, irritados com o seu fraco desempenho, afinal, sua única tarefa era estudar.

Para ele, no entanto, era como se alguém lhe pedisse para ler em mandarim, por mais que tentasse, ele jamais conseguiria interpretar todos aqueles símbolos sozinho; mas tudo mudou quando ele conheceu o mestre Neuer, um professor que se disponibilizou a ajudá-lo, identificando suas dificuldades e ajudando a superá-las.

Alguns meses depois, o trabalho do mestre Neuer começou a dar resultados, as notas de Gustavo foram gradativamente melhorando, e, com elas, os elogios foram surgindo. O pequeno Gustavo deixava, assim, para trás a angústia e a sensação de incapacidade.

Gustavo reencontrou o seu mestre quando concluía o Ensino Médio e pôde falar como ele havia mudado a sua vida; o professor ouviu, sem compreender, como tinha sido importante o seu papel naquela transformação.

Hoje, Gustavo é engenheiro e fluente em 4 idiomas. Ao lembrar-se do professor Neuer, a única palavra que lhe vem à cabeça é: gratidão; afinal, aquele professor mudou o sentido da sua vida.

Deixe uma resposta

Dificuldade na escola